Seu Corpo, Seu Templo – Como Se Relacionar Melhor Com O Próprio Corpo.

Por Daricha Sundari

Quando você se olha no espelho e não enxergar um corpo que se adequa aos atuais padrões de beleza isso pode te levar a um sentimento de autopunição, não aceitação. Não se achar bonita talvez seja a menor das consequências. Por trás dessa imagem que soa dentro de você como dor, angústia e tristeza se revela um sentimento cruel de ser rejeitada, não ser escolhida e mesmo um medo de não ser boa o suficiente.

É exatamente aí que começa a paranóia de buscar recursos invasivos como dietas e cirurgias para fazer com que você se adeque novamente a um padrão que pode até agradar socialmente mas que de fato,  não é capaz de mostrar quem você realmente é!

Seu corpo é seu templo sagrado e não um pedaço de carne recortado na intenção de agradar alguém. Pare para pensar: quando você se submete a esses métodos invasivos, a quem quer agradar? Qual é o grito da sua alma? O que de fato você quer? Qual o preço que quer pagar?

Se conectar com sua real imagem pode se tornar um grande desafio quando você não tem a menor noção sobre você mesma. Isso geralmente acontece quando você pensa que é aquilo que dizem que você é, aquilo que a fantasia com a qual você se acostumou diz sobre você.

Vivenciar o tantra, vivenciar a massagem tântrica vai te proporcionar um contato profundo, intenso e revelador. Revelador pois escancara sua essência e sua potência de ser, te colocando em contato com a sua parte mais profunda e verdadeira a sua essência pura que acaba ficando escondida e sufocada pela fantasia que te domina.

O tantra conecta seu corpo, sua essência, sua parte mais íntima, permite que suas células se abram e se programem com a informação de prazer que se desloca dos órgãos genitais e se propaga por todo seu corpo. Cada partezinha viva dentro de você, permite que seu desejo mais profundo ganhe vida como um vulcão, vibrando desde o interior do seu corpo, fluindo para a superfície e revelando seu brilho, sua luz natural, sua beleza que você deixa de enxergar e transparecer pelo simples fato de achar que esta beleza se manifesta de outra forma, ou que simplesmente essa beleza não existe e está restrita a corpos esculturais.

O chamado do Tantra, o nosso chamado, Daricha e Gurutama,  é para que você vivencie todo potencial de ser, que você sinta seu corpo de forma surpreendente e mágica, que sinta seu brilho como nunca sentiu, que expanda e exploda de amor e prazer, que encontre dentro de você mesmo exatamente tudo o que precisa e que de uma vez por todas entenda que tudo é perfeito e que você é um templo sagrado.

Seja luz, seja brilho, seja amor, seja você!

Published
Categorized as Blog

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.